Prefeitura oferece oficina de consciência corporal aos professores municipais

A Prefeitura de Campina Grande do Sul, por meio das secretarias de Educação e Desenvolvimento Social, Família e Cultura, ofereceu aos professores de educação física e artes da rede municipal de ensino a Oficina de Conscientização Corporal. O evento ministrado pela professora Patrícia Machado foi realizado na quarta-feira (10) no Teatro Municipal José Carlos Zanlorenzi, no Jardim Paulista.

 

Foram aplicadas por Patrícia Machado dinâmicas com o uso de um material alternativo, trabalho com corpo e movimento, uso de música, trabalhos de relação corporal e espacial.

 

O objetivo da oficina é ofertar experiências e opções para os professores desenvolverem em sala de aula as atividades apresentadas, adaptando-as a cada turma e necessidades.

 

A opinião dos professores

 

Evelize Antônia Gueno, professora de educação física na Escola Rural Municipal Santa Letícia e na Escola Municipal Humberto de Alencar Castelo Branco

 

“Na perspectiva da realidade de hoje, a prática que tivemos contribuiu significativamente para o trabalho com os alunos da educação infantil e do ensino fundamental, pois pudemos vivenciar toda a cultura corporal, criatividade, interatividade. Essa oficina ajudará a levar a prática para a sala de aula mais atrativa e interessante.”

 

Tiago Castanho, Patrícia Pereira e Maria Alice, professores da Escola Maria Clara Barbosa da Gama - APAE

 

“Foi uma manhã muito valiosa. Começamos com exercícios sobre o movimento do corpo, onde interagimos com os demais colegas da rede municipal de ensino, gerando momentos de descontrações. As dinâmicas apresentadas na oficina foram uma novidade para complementar nossas práticas diárias. Podemos explorar diversos movimentos, imaginação e expressão corporal. Voltamos cheios de ideias para passar aos nossos alunos.”

 

Lucélia Aparecida Fernandes Tonett, supervisora na Escola Municipal Ulisses Guimarães

 

“A oficina foi mais um momento de formação que veio acrescentar a prática dos professores. Acredito que todos que participaram, saíram motivados e cheios de vontade de oportunizar também aos alunos as sensações vividas na oficina.”

 

Juliana Mascarello Moresco, professora de artes na Escola Municipal Lucídio Florêncio Riberio

 

“A oficina foi um espetáculo como inspiração para novas atividades a serem desenvolvidas em sala de aula nas aulas de arte. Tivemos a oportunidade de perceber que não necessitamos de muitas coisas para fazermos aulas criativas, estimular e ajudar as crianças a desenvolver o conhecimento e o gosto pelas artes num geral.”

 

Ver a notícia completa