Pai que desrespeitar leis de trânsito em Campina Grande do Sul pode ser “multado” pelo próprio filho durante o Maio Amarelo
Iniciativa inédita prevê a conscientização sobre responsabilidade no trânsito já na infância
09/05/2019 Educação

Alunos da Escola Municipal José Eurípedes Goncalves, no centro de Campina Grande do Sul, receberam nesta quinta-feira (09) a visita de agentes do Departamento de Trânsito Municipal (Deptran) e Guarda Civil Municipal (GCM).

Os estudantes do 3º ano A, da turma da professora Adrieli Silva dos Reis Andreatta , assistiram a uma palestra com o tema Educação para o Trânsito e participaram de ações práticas relacionadas ao tema. A iniciativa faz parte das atividades do Maio Amarelo, campanha nacional voltada a segurança no trânsito.

Segundo Adrieli, a o projeto pedagógico trabalhado em sala de aula desde o início do mês deve impactar diretamente os pais, já que os alunos foram incumbidos de atuarem como “fiscais” do comportamento de seus responsáveis no trânsito. “A ideia é fazer com que os pais sejam cobrados pelos próprios filhos em relação as suas obrigações no trânsito, principalmente em trajetos curtos. Os pais que não usarem o cinto de segurança mesmo em curtas distâncias receberão dos filhos multas fictícias ao final do mês”, revela Adrieli.

Os estudantes que têm idade entre 8 e 9 anos, foram apresentados por meio dos agentes do Deptran e GCM a equipamentos como cadeirinha, bebê conforto, cones, etilômetro, além dos recursos de comunicação existentes dentro da viatura. “Primeiro eles aprenderam e em seguida atuaram na montagem de uma operação de interdição simulada na praça”, explicou a professora.

Segundo Marcelo Souza, supervisor da GCM, a experiência foi encantadora. “O trânsito somos todos nós. A conscientização é importantíssima e o ideal é que apesar do calendário oficial, a campanha seja permanente. Nosso trabalho em relação ao trânsito é o de orientar a população, em especial em relação ao uso adequado dos espaços para estacionamento, cinto de segurança”, comenta Souza.

O prefeito BIhl Zanetti reforça a importância da iniciativa, avaliando o envolvimento de estudantes num debate de tamanha relevância como algo extremamente necessário. “À partir do momento que tomamos a decisão de municipalizar o trânsito éramos cientes dos desafios que viriam pela frente. O caminho é esse: convocar toda a sociedade para construirmos um trânsito melhor em nossa cidade”.

Para o dia 30 de maio, encerramento da campanha Maio Amarelo, está programada uma blitz simulada e educativa na região central de Campina Grande do Sul. A ação será preparada pelos alunos da Escola José Eurípedes Goncalves contando a presença da GCM. Ao longo da campanha, outras escolas do município também receberão a visita dos agentes da Guarda e do Deptran para a execução de atividades sobre o tema.