Pais aprovam qualidade de uniformes e kits escolares entregues a alunos de Campina Grande do Sul
Mais de 5 mil conjuntos e kits foram distribuídos em todas as escolas municipais
24/04/2019 Educação

Os uniformes e os kits escolares começaram a ser entregues pela Prefeitura aos alunos da rede pública municipal de educação ainda em fevereiro. Os conjuntos são compostos por duas camisetas de manga curta e uma de manga comprida, calça, bermuda, tênis, par de meias e casaco. Como diferencial, alunas do 4º e 5º ano receberam como peça extra do uniforme uma calça legging para a prática de atividades esportivas.

 

Durante as entregas dos uniformes e kits, a cada contato com alunos, pais e professores, o prefeito Bihl Zanetti fez questão de destacar a importância da atenção que a gestão do município tem dado à Educação. “Estes uniformes são de alto padrão, adequados ao clima da nossa região. Os kits escolares apresentam um elevado nível de qualidade. Tudo isso acrescenta na educação das crianças”, disse o prefeito.

 

A secretária Neiva Oliveira lembra que esta conquista estende-se também aos familiares dos estudantes. “Por isso mesmo pedimos o maior zelo possível por estes uniformes e materiais. Hoje eles servem a estes alunos, amanhã podem vestir outros também”, reforça.

 

Os kits de materiais escolares foram planejados conforme a etapa escolar em que cada aluno está cursando, contando, por exemplo, com as mochilas adequadas ao porte físico das crianças. Entre os itens dos kits estão: estojo, lápis de cor, lápis de escrever, cola, cadernos, livros didáticos, réguas entre outros.

 

Aprovação

 

Ariane Eliza dos Santos é mãe da Isadora Valentyne Santos Ribas, aluna do 1º ano da Escola Municipal Augusto Staben, no Jardim Paulista. Ela conta que ao ver sua filha recebendo uniforme e kit, lembrou-se da sua infância. Ela, que estudava em uma escola rural, percebe o quanto Campina Grande do Sul evoluiu na qualidade educacional. “O kit escolar veio completo, com bastante variedade e de muito boa qualidade. itens que só encontramos em escolas particulares”, conta a mãe.